segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Brinco de pérolas


Pérolas de rio

São pérolas cultivadas nos rios, baías e lagos em diversas espécies de mexilhões de água doce. O processo consiste em colocar um núcleo no molusco e esperar que o animal o vá recobrindo de nácar até formar a pérola. No caso dos mexilhões de água doce, o núcleo é um tecido mole procedente de outro molusco, que se vai decompondo ao formar a pérolas. Podem colocar-se 10 núcleos de cada vez. O animal sobrevive mesmo depois de se abrir a concha, podendo cultivar-se de novo. O cultivo nestes animais é mais fácil e rápido do que nas ostras, sendo estas pérolas muito mais acessíveis. O brilho é menos intenso e é mais difícil obter pérolas esféricas.


1 comentário:

Noah disse...

Oi Mena,
Puxa vida, fiquei super contente com teu comentário. Se corre na vida e pela vida o tempo todo e não se consegue visitar as amigas.
Adooooorei tua visita.
2011 Bj♥s para ti